“O passado, presente e futuro da investigação sobre correr descalço ou com tênis minimalistas”

O artigo de hoje é sobre um dos assuntos mais discutidos para quem pratica corrida: correr descalço. Trouxemos um breve resumo sobre o Editorial para a “Journal of Sport and Health Science” escrita pelo pesquisador sobre Evolução Humana e que defende a corrida descalço, o Dr. Daniel E. Lieberman.

 “O passado, presente e futuro da investigação sobre correr descalço e em sapatos minimalistas”

Nossos antepassados correram descalços, por milhares de anos, pois não tinham sapatos. Quando calçado foi inventado, há cerca de 40.000 anos (sem dúvida em momentos diferentes e em lugares diferentes), era essencialmente composto por sandálias e mocassins, com o intuito de proteger a sola dos pés. A maioria dos recursos e materiais sofisticados, presentes nos sapatos e tênis modernos foram inventados na década de 1970, e rapidamente tornou-se cada vez mais popular e sofisticado. 

Hoje, a grande maioria dos corredores, considera normal utilizar sapados de corrida com almofadas, suporte do arco plantar, molas e saltos elevados e, provavelmente nunca sonhariam em correr sem eles. Nos últimos anos, no entanto, tem surgido um interesse neste assunto, acendendo muita discussão apaixonada e debate entre corredores, cientistas esportivos, pediatras, ortopedistas, entre outros.

Embora  estudos tenham sido publicados, o interesse pelo tema foi desencadeado por uma publicação de 2004, na Nature (cujo título capa foi Born to Run), que argumentou que os seres humanos evoluíram para correr, há milhões de anos atrás, provavelmente, a fim de caçar. O artigo ajudou a inspirar o best-seller de 2009, também intitulado Born to Run, que não só afirmou que o famoso ultramaratonista Tarahumara do norte do México foi fenomenal,  em parte,  porque corria apenas com  sapatos minimalistas, e também culpou os tênis modernos, pelas lesões durante a corrida. Meses mais tarde, outros artigos osbre a biomecânica de corredores habitualmente descalços e como conseguem minimizar os impactos quando o pé toca o solo. 

Desde entao, um debate publico começou verozmente: É seguro? Quais são os custos e beneficios do tênis? Entre outras questões.

Ainda há muito desacordo sobre correr descalço, mas o debate provocou muita pesquisa boa que, em última análise, deve render muitos benefícios. Notamos que, apesar da falta de consenso sobre algumas questões-chave, pontos de vista extremos com pouco fundamento na ciência tendem a obter o máximo de atenção na mídia popular. Alguns defensores argumentaram que os sapatos modernos causar pode causar lesões graves, enquanto outros afirmam que correr descalço é uma “moda” perigosa.     Nenhum desses pontos de vista é apoiado pela investigação científica, e muitos jornalistas e anunciantes têm confundido ainda mais o problema,  misturando os pés descalços real com o uso de sapatos minimalistas, que são muitas vezes,  chamados “sapatos descalços”.

Enquanto dezenas de artigos têm sido publicados, nós acreditamos que há muito a aprender. e, por isso, esse Editorial revisou 10 artigos científicos, com grande variedade de pontos de vista e análises. Para conhecer os artigos e suas conclusões acesse o artigo completo aqui:   http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2095254614000349

Boa pesquisa sempre gera mais perguntas que respostas, e em nossa opinião, três tópicos gerais merecem maior atenção à medida que avançamos. Em primeiro lugar, em que medida e como diferentes tipos de forças afetam o surgimento de lesões? Em segundo lugar, como as variações na forma de correr interagem com os diferentes tipos calçado para gerar as lesões? Finalmente, como o corpo se adapta ao calçado de forma a desenvolver lesões? Estas e outras questões podem ajudar a impulsionar ainda mais a investigação sobre correr descalço e o uso de tênis minimalistas.

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s